Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

DERRETIMENTO DO GELO ÁRTICO ABRE NOVO CANAL DE NAVEGAÇÃO PARA TRANSPORTE DE PRODUTOS PETROLÍFEROS

Mäyjo, 25.10.15

Derretimento do gelo árctico abre novo canal de navegação para transporte de produtos petrolíferos

Numa ação que ignora ostensivamente os impactos das alterações climáticas, as empresas de navegação e transporte de mercadorias estão a aproveitar o derretimento do gelo do Árctico para encurtar as rotas de transporte de produtos petrolíferos.

Recentemente, a japonesa Mitsui O.S.K. Lines revelou planos para criar a primeira rota de navegação através do Árctico, que deverá estar operacional em 2018. A empresa irá transportar principalmente gás natural liquefeito desde a Rússia para os mercados europeus e asiáticos, utilizando três cargueiros quebra gelo que serão construídos especificamente para esta rota do Ártico. Espera-se que a nova rota encurte o tempo de transporte em 10 dias. A rota actual é feita através do Canal do Suez, refere o Inhabitat.

Nos últimos tempos, a região do Ártico tem estado nas atenções internacionais. O degelo das calotes polares que acontece a um ritmo acelerado, devido ao aquecimento global, permite a passagem de cada vez mais navios por zonas antes inavegáveis devido ao gelo. Em 2013, 71 cargueiros atravessaram o Árctico entre a Europa e a Ásia. Em 2010, apenas quatro navios o fizeram.

O derretimento das calotes permite também que estas áreas agora livres de gelo sejam exploradas comercialmente, nomeadamente ao nível da prospecção petrolífera. O Árctico armazena 22% das reservas de gás e petróleo mundiais por explorar, o que coloca a região sob duas ameaças: as alterações climáticas e o interesse económico.

Foto: Bernt Nielsen / Creative Commons